Se você não conseguir editar a wiki após o login, você precisará solicitar direitos de edição usando este formulário. Você será notificado assim que tais direitos de edição lhe forem concedidos.

Inglaterra, Derbyshire, Registros Paroquiais da Igreja da Inglaterra (Registros Históricos do FamilySearch)

Fonte: FamilySearch Wiki
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Inglaterra Gotoarrow.png Derbyshire

FamilySearch Record Search Este artigo descreve uma coleção de registros históricos disponíveis no FamilySearch.org.
Acesse os registros: Inglaterra, Derbyshire, Registros Paroquiais da Igreja da Inglaterra, 1537-1918 .
CID1911752
{{{CID2}}}
{{{CID3}}}
{{{CID4}}}
{{{CID5}}}
{{{CID6}}}
{{{CID7}}}
{{{CID8}}}
{{{CID9}}}


O Que Há na Coleção?[editar | editar código-fonte]

Esta coleção incluirá registros de 1537 a 1918

A coleção é composta de registros paroquiais da Igreja da Inglaterra, contendo batismos, casametos/proclamas, e sepultamentos Os intervalos de datas dos registros disponíveis podem variar por localidade. As informações sobre o casamento podem ter chegado a partir de um registro de casamento ou a partir de um registro de habilitação de casamento (proclamas).

Em 1530, o rei Henrique VIII criou a Igreja da Inglaterra, também conhecida como a Igreja Anglicana, a Igreja do Estado, ou a Igreja Episcopal. Uma lei aprovada em 1537 requeria que os ministros registrassem os batismos, casamentos e sepultamentos que ocorreram em suas paróquias. Os sacerdotes registravam esses eventos nos registros e os mantinham em nível paroquial, que é o nível mais baixo de autoridade na Igreja da Inglaterra. Dentro de algumas paróquias, capelas foram criadas para atender às necessidades de culto do paroquiano quando a igreja paroquial não era facilmente acessível. As capelas às vezes tinham a autoridade para realizar batismos, casamentos e sepultamentos, assim, elas mantinham seus próprios registros. Várias paróquias formaram um decanato (presidida por um reitor), vários decanatos formavam uma arquidiaconato (presidida por um arquidiácono), e vários arquidiaconatos formavam uma diocese (presidida por um bispo).

A partir de 1598, os ministros eram obrigados a enviar cópias de seus registros a um arquidiácono ou bispo anualmente. Estas cópias são referidas como transcrições episcopais, ou às vezes transcrições de arquidiácono. Como resultado, duas cópias de muitos registros paroquiais existem a partir de 1598 para cerca de meados de 1800. Depois que o registro civil começou em 1837, o valor da manutenção das transcrições episcopais diminuíram, assim, em 1870 a maioria das paróquias tinha parado de fazê-los.

Habilitações são proclamações de uma intenção de casar. Depois de 1754, esses proclamas eram obrigados a serem lidos por três domingos consecutivos antes de um casamento, para que qualquer pessoa com razões contra o casamento, pudesse se opor. Os proclamas eram lidos tanto na paróquia da noiva como na paróquia do noivo. Uma alternativa foi solicitar uma licença para se casar, quer para a Diocese local ou ao Arcebispo de Canterbury.

A maioria das transcrições episcopais dos registros paroquiais da Igreja da Inglaterra foram preservados. Muitos também foram copiados para microfilme ou microficha. A condição dos registros é relativamente boa, considerando as suas condições de idade e de armazenamento ao longo dos séculos. Em 1598, os ministros foram obrigados a copiar os seus registros sobre pergaminho. Se o ministro não conseguia fazer tal cópia, o registro para essa paróquia e seus registros não sobreviviam. Durante o período da Commonwealth, 1649-1660, muitos registros paroquiais desapareceram, e muitas transcrições não foram mantidas porque os ministros foram depostos de suas paróquias.

Os registros paroquiais foram criados para registrar eventos da igreja de batismo ou batizado, casamento e sepultamento. As inscrições batismais geralmente relacionam a data de nascimento da pessoa, e inscrições de sepultamento relacionam a data do óbito. Na Igreja da Inglaterra, o batismo, que também fera chamado de batizado, era realizado logo após o nascimento de uma criança. O casamento na igreja legalmente unia um homem e uma mulher por razões legais civis e com o propósito de fundar uma família religiosa santificada. O sepultamento é uma função da igreja entre o falecido logo após o óbito.

Os registros paroquiais da Igreja da Inglaterra são a fonte de história familiar mais confiável e acurada até julho de 1837, quando o governo instituiu o registro civil de nascimentos, casamentos e óbitos. As informações nos registros paroquiais e transcrições episcopais podem ser verificadas contra o outro. Muitas vezes, há variações nas transcrições de nomes e grafias do bispo. As transcrições episcopais também podem omitir anos ou parte de anos, e estão incompletas de acordo com a prática Diocesano e preservação.

Lista de Paróquais e Capelas com Registros Disponíveis[editar | editar código-fonte]

Aldercar

Alfreton

Alsop En Le Dale

Alvaston

Ashbourne

Ashford In The Water

Aston-on-trent

Bakewell

Barlborough

Barrow Upon Trent

Baslow

Beeley

Belper

Blackwell

Bolsover

Bonsall

Boulton

Boylestone

Bradbourne

Bradwell

Brailsford

Brampton

Brassington

Bretby

Brimington

Buxton

Calke

Calow

Carsington

Castleton

Chapel-en-le-frith

Chellaston

Chelmorton

Chesterfield

Church Broughton

Clay Cross

Clowne

Codnor

Cotmanhay

Crich

Cromford

Dalbury

Darley Abbey

Darley Dale

Denby

Denby Common

Derby

Dore

Doveridge

Dronfield

Duffield

Eckington

Edale

Edensor

Edlaston

Egginton

Elvaston

Etwall

Eyam

Fenny Bentley

Findern

Foremark

Glossop

Great Longstone

Great Wilne

Hallam Fields

Harpur Hill

Hartington

Hartshorne

Hathersage

Hayfield

Hazelwood

Heage

Heanor

Heath

Hognaston

Holbrook

Holmesfield

Hope

Horsley

Horsley Woodhouse

Hulland

Idridgehay

Ironville

Kedleston

Killamarsh

King Sterndale

Kirk Hallam

Kirk Ireton

Kirk Langley

Little Eaton

Littleover

Long Eaton

Longford

Longlane

Lullington

Mapleton

Mapperley

Marston Montgomery

Marston On Dove

Matlock

Melbourne

Mellor

Mickleover

Milford

Monyash

Morley

Morton

Mugginton

Newbold

Newhall

Newton Solney

Norbury

North Wingfield

Ockbrook

Old Brampton

Old Whittington

Overseal

Parwich

Peak Forest

Pentrich

Pilsley

Pinxton

Pleasley

Quarndon

Radbourne

Repton

Riddings

Ridgeway

Ripley

Risley

Rowsley

Sandiacre

Sawley

Scarcliffe

Scropton

Shardlow

Sheldon

Shipley

Shirebrook

Shirley

Shottle

Smalley

Smisby

Snelston

Somercotes

Somersal Herbert

South Wingfield

Spondon

Stanley

Stanton

Staveley

Stoney Middleton

Sudbury

Swanwick

Swarkestone

Tansley

Thorpe

Ticknall

Tideswell

Tissington

Town End

Turnditch

Upper Langwith

Wardlow

Wessington

West Hallam

Whaley Thorns

Whittington Moor

Whitwell

Wingerworth

Winshill

Winster

Wirksworth

Woodville

Yeaveley


Conteúdo da Coleção[editar | editar código-fonte]

Exemplos de Imagens[editar | editar código-fonte]

Os Registros de Batismo de um registro paroquial da Igreja da Inglaterra geralmente contêm:

  • Data de batismo
  • Nome do filho(a)
  • Sexo do filho(a)
  • Legitimidade do filho(a)
  • Estado civil dos pais
  • Classe social dos pais
  • Nome do pai, e algumas vezes, o nome da mãe
  • Pode relacionar a residência dos pais, especialmente depois de 1812

Os Registros de Casamentos de um registro paroquial Igreja da Inglaterra geralmente contêm:

  • Data do casamento
  • Nome da noiva e do noivo
  • Idade da noiva e do noivo
  • Pode relacionar os nomes dos pais ou outros parentes
  • Residência da noiva e do noivo
  • Estado civil dos indivíduos e casais
  • Pode relacionar as datas que o casamento foi anunciado (também chamados de "proclamas publicados"). Isso normalmente ocorria em três ocasiões separadas antes do casamento e dava a qualquer pessoa, com uma razão válida, a chance de se opor ao casamento.
  • Depois de 1754, os nomes completos das testemunhas
  • Depois de 1837, os nomes completos dos pais
  • Pode observar se o cônjuge é solteiro ou viúvo no momento do casamento

Os Registros de Sepultamento de um registro paroquial da Igreja da Inglaterra geralmente contêm:

  • Data de sepultamento
  • Nome do falecido. Se o falecido é uma criança, pode ser dado o nome do pai. Se o falecido é uma mulher casada, pode ser dado o nome do marido.
  • Idade da pessoa
  • Residência do falecido
  • Pode dar o sexo do falecido
  • Residência do falecido

Como Faço Para Pesquisar a Coleção?[editar | editar código-fonte]

Para procurar uma pessoa em um registro paroquial da Igreja da Inglaterra, é útil saber as seguintes informações:

  • Onde a pessoa vivia e a paróquia correspondente
  • Quando a pessoa viveu - se você não sabe o período de tempo, você pode estimar-lo do que sabe das gerações mais recentes. Para um meio útil para localizar paróquias antes de 1851 veja Inglaterra, Jurisdições, 1851 ou visite maps.familysearch.org

Para pesquisar por nome:
Preencha as informações solicitadas na página de pesquisa inicial. Esta pesquisa irá retornar com uma lista de possíveis correspondências. Compare as informações sobre os indivíduos na lista com o que você já sabe sobre seus antepassados ​​para determinar se esta é a família ou pessoa correta. Você pode precisar olhar para várias imagens e comparar as informações sobre os indivíduos relacionados nessas imagens a seus antepassados ​​para fazer essa determinação.

Para pesquisar por imagem:
⇒Seleione "Pesquisar através de imagens" na página da coleção inicial:
⇒Selecione o "País" adequado
⇒Selecione a cidade "Paróquia/Igreja" apropriadas
⇒Selecione o "Tipo de Evento e Intervalo de Ano (com Volume)" adequados, que irá levá-lo para as imagens.

Pesquise toda a coleção por imagem e compare a informação que você encontrou com o que você já sabe sobre seus antepassados ​​para determinar se a imagem se relaciona com eles. Você pode precisar comparar várias imagens, a fim de fazer essa determinação.

Para obter dicas sobre busca de coleções online consulte o artigo wiki Dicas e Truques de Pesquisa do FamilySearch.

  • Registros de batismo ou batizado listam os nomes dos pais, tornando possíveis para você conectar seu antepassado com uma geração anterior.
  • Você pode encontrar uma data de nascimento listada ou ser capaz de aproximar a data de nascimento de uma determinada idade.
  • Depois de 1812, os registros batismais listam um lugar de residência , tornando-o mais fácil de identificar sua família, onde viviam. Os registros também listam profissão do pai, o que torna mais fácil identificar a família de seu antepassado, quando mais de uma família com o mesmo nome viveram na paróquia.
  • Registros de casamento depois de 1754 listam os nomes das testemunhas, que muitas vezes eram membros da família. Estes podem ajudar a identificar a família de seu antepassado. Assinaturas nos registros podem ser usadas para identificar um indivíduo em particular pelo estilo de escrita.
  • Proclamas indicam a paróquia de residência da noiva e do noivo. Essas informações muitas vezes levam aos registros de outra paróquia. Você pode procurar os batismos da noiva e do noivo nas paróquias de residência, uma vez que estas podem ser igualmente as paróquias onde nasceram.
  • Se possível, você pode querer procurar tanto os registros paroquiais e transcrições episcopais, já que um é uma cópia manuscrita da outra, e podem conter diferenças.
  • Depois de 1812, e às vezes antes, os registros de sepultamento incluem a idade do falecido. Use esta idade para aproximar o ano de nascimento da pessoa e para localizar o registro batismal.

Informações Gerais Sobre Esses Registros[editar | editar código-fonte]

Os registros paroquiais são uma das melhores fontes para a identificação de indivíduos e conectá-los aos pais, cônjuges e outras gerações. Em julho de 1837, o governo instituiu o registro civil de nascimentos, casamentos e óbitos. No entanto, os registros paroquiais continuam desempenhando um papel importante, porque estão muitas vezes mais prontamente disponíveis do que os registros civis. Transcrições episcopais são uma fonte de backup para registros paroquiais que estão em falta ou ilegíveis.

Como Você Pode Contribuir[editar | editar código-fonte]

Serão bem-vindas adições de usuários para artigos wiki de Registros Históricos do FamilySearch. Estamos à procura de informações adicionais que ajudarão os leitores a entender o tema e utilizar melhor os registros disponíveis. Também precisamos de traduções para títulos de coleções e imagens em artigos sobre registros escritos por outros usuários. Para necessidades específicas, visite FamilySearch Wiki:Projeto da Wiki, Registros Históricos do FamilySearch.

Por favor siga este guia quando fizer alterações. Agradecemos por qualquer contribuição que você possa fazer.


Citando Esta Coleção[editar | editar código-fonte]

Citando suas fontes torna mais fácil para os outros encontrar e avaliar os registros que você usou. Quando você copiar informações de um registro, mencione onde você encontrou essa informação. Aqui você pode encontrar citações já criadas para a coleção inteira e para cada registro individual ou imagem.

Citação da Coleção

"Inglaterra, Derbyshire, Registros Paroquiais da Igreja da Inglaterra, 1537-1918". Banco de dados. FamilySearch. http://FamilySearch.org: acessado em 2016. Citando Escritório de Registro da Igreja da Inglaterra, Matlock.

Citação do Registro (ou citação para a inscrição do índice):

A citação para registros está disponível em cada registro desta coleção, na parte inferior da tela do registro. Você pode pesquisar os registros visitando a página Inglaterra, Derbyshire, Registros Paroquiais da Igreja da Inglaterra, 1537-1918.



Citação da Imagem:

A citação para imagens desta coleção está disponível em cada imagem clicando em Informações na parte inferior esquerda da tela da imagem. Você pode navegar através das imagens visitando a página Alaska, Registros de Inquéritos de Legista, 1908-1940.