Brasil Raças Nativas

De FamilySearch Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tópicos de Pesquisa do Brasil
Bandeira do Brasil
Iniciando Pesquisa
Tipos de Registros
Brasil Panorâmica
Etnia
Recursos de Pesquisa Local
Moderador
O moderator da Wiki do FamilySearch para o Brasil é Adriano Almeida


Brasil Gotoarrow.png Raças Nativas

Brazilian_indians_000.JPG

Os brasileiros originais eram índios que habitavam o continente americano muito antes da chegada dos europeus. Na época na qual os europeus vieram havia 250 tribos de índios Tupi-Guarani no Brasil.

As tribos indígenas do Brasil estavam caçando e reunindo tribos que viviam em alguns bolsões do Brasil (no leste e sul do Brasil) e agricultores da aldeia da floresta tropical (na bacia amazônica, a planície costeira do Brasil, e as encostas orientais do Peru e Bolívia). O último grupo foi mais predominante no Brasil.

Os primeiros registros dos índios foram feitos pelos Padres Jesuítas, cuja principal preocupação era proteger os índios. Eles trabalharam de São Paulo à Pernambuco, aprendendo línguas indígenas e ensinando os povos nativos. Como defensores dos índios, eles ficavam muitas vezes em desacordo com os plantadores, que estavam clamando por escravos. Os Jesuítas batizaram os índios aos milhares e os reuniram em aldeias missionárias fortificadas (redução). Os Jesuítas lutaram para proteger os índios da escravidão que durou 200 anos. Durante esse tempo eles fizeram inimigos que finalmente causou sua expulsão do Brasil em 1759.

Vista aérea de aldeia no Alto Xingu.jpg

Por causa dos Jesuítas e outros esforços missionários, a melhor fonte de informação sobre famílias com antepassados ​​indígenas é encontrado nos registros da Igreja Católica. Em alguns casos, os registros foram mantidos separados por grupos indígenas, juntamente com os registros regulares da igreja, como nos registros da Igreja Católica de Gravataí, Rio Grande do Sul - Brasil, os registros incluem um volume de batismos de Índios Guaranis de 1765-1816 e outros volumes de pessoas livres e escravos.

Estatísticas modernas são muitas vezes bastante variadas sobre o número de índios no Brasil. Na década de 1950, havia 143 tribos e, provavelmente, menos de 100 mil índios que ainda viviam no Brasil. Naquele ano, 50 por cento da população era branca, 15 por cento era negra e 20 por cento era mulata. Só no interior remoto e isolado que as tribos indígenas ainda existem.

Durante a Segunda Guerra Mundial, um grupo de antropólogos e arqueólogos dos Estados Unidos e da América Latina colaborou na elaboração de uma classificação dos Índios Sul-Americanos. Os índios do Brasil estão incluídos nos volumes um (Tribos Marginais) e três (As Tribos da Floresta Tropical), com informações gerais adicionais nos volumes cinco (A Antropologia Comparativa dos índios da América do Sul) e seis (Antropologia Física, Linguística e Geografia Cultural de Índios Sul-Americanos). Estes livros estão disponíveis na Biblioteca de História da Família em:

Steward, Julian H. ed. Manual de Índios Sul-Americanos. 7 vols. New York: Cooper Square Publishers, Inc., 1963. (FHL livro 980 F3h)

Muitos estudos antropológicos e sociológicos foram feitos entre os vários grupos indígenas no Brasil durante o século passado. Algumas delas estão disponíveis através da Biblioteca de História da Família, e muitos mais podem ser obtidos por meio de bibliotecas universitárias e bibliotecas de pesquisa. Estudos sobre os índios da Guiana e tribos indígenas do norte do Mato Grosso, Brasil, são exemplos de tais estudos:

Rouse, Irving. Guianas: período indígena. México: Instituto Panamericano de Geografia e História de 1953. (FHL livro 988 F3r)

Oberg, Kalervo. Tribos indígenas do norte do Mato Grosso, Brasil: com o apêndice: Antropometria da Umotina, Nambicuara e Iranxe, com dados comparativos de outras Tribos do norte de Mato Grosso. Washington, DC: Escritório de impressão do Governo, 1953. (FHL livro 981,7 F3o)

Uma bibliografia que relaciona muitos dos estudos que têm sido feitos sobre os índios no Brasil pode ser encontrado em:

Tyler, Samuel Lyman. Índios do Brasil, com referência ao Paraguai e Uruguai. Salt Lake City: Universidade de Utah, 1976. (FHL livro 980 F3ti)

Para outras fontes com informações básicas sobre os índios da América Latina, olhe no Catálogo da Biblioteca de História da Família em:

AMÉRICA LATINA - RAÇAS NATIVAS

BRASIL - RAÇAS NATIVAS